top of page
Buscar
  • Foto do escritorCláudia Rodriguez

Qual o seu lugar no mundo?

Gilberto Safra, meu professor de Psicologia, ressalta que para o ser humano possa acontecer como "si mesmo", ele precisa iniciar seu processo de constituição a partir de um lugar. E este é um lugar da subjetividade, ser participante do mundo humano.


Quantas vezes profissionais que vivem crises ou rupturas nas suas carreiras relatam que não se sentem "pertencendo ao mundo: qual será o meu lugar?".


O trabalho é esfera fundamental para que o indivíduo se sinta  "vivo e existente", de maneira singular, nos seus objetivos e motivos, preservando sua história de vida e as suas características mais importantes.


É fundamental a participação na sociedade por meio do trabalho, exercer sua capacidade criativa "acontecendo no mundo com os outros, nas relações".


Fala-se tanto, hoje em dia, em deixar um legado através da atividade profissional, poder colaborar com o processo histórico da sociedade e deixar sua "durabilidade no mundo".


E quando há sofrimento por esta "ausência no mundo" ou "ausência de significado do seu trabalho"? O processo de aconselhamento de carreira auxilia na superação de dores que podem ser paralisadoras na carreira e até em outras esferas da vida. Poder reencontrar seu "lugar no mundo" é um percurso maravilhoso, é uma sensação de existência.


Fonte pesquisada: Psicoterapia breve psicanalítica por Mauro Hegenberg.




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page