top of page
Buscar
  • Foto do escritorCláudia Rodriguez

“Não tenho a menor ideia de quem eu sou”

Quando o paciente se dá conta que conhece muito pouco sobre si próprio, ele pode se deparar com uma enorme sensação de vazio. Um medo de ser exposto ou “descoberto”.


A partir daí, pode existir uma maior insegurança nas tomadas de decisão em momentos importantes da sua vida.


Esconder-se do mundo é insuportável, mais difícil ainda é esconder-se de si próprio com sentimentos bons e ruins.


O que é poder ser autêntico para os outros e para o mundo?

O que significa poder mostrar parte das suas qualidades e vulnerabilidades para as pessoas no seu ambiente de trabalho, na sua família e nas suas relações de amizade?


O que pode significar demonstrar certa dose de inquietação? “Se eu mostrar infelicidade ou insatisfação no meu trabalho, todas as relações podem ruir”; “ninguém mais vai gostar de mim”; “deixarei de ser promovido”; “isso vai destruir os meus projetos”.


O autoconhecimento, no entanto, permite saber quais são os seus recursos para lidar com situações ou pessoas mais difíceis. Permite ir em frente na busca pelos seus objetivos e projetos de vida. Permite erros e acertos nas suas decisões. E a conquista de se sentir feliz por conhecer a si próprio. Já tentou responder à pergunta: “quem é você?




12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentarer


bottom of page